Bitget App
Trading inteligente
Comprar criptomoedasMercadosTradingCopyRobôsRendaWeb3
Blockchain
Histórico de dados: Merkle Tree e Proof of Reserves (PoR)

Histórico de dados: Merkle Tree e Proof of Reserves (PoR)

Iniciante
2022-12-08 | 5m

Você deve ter ouvido falar do colapso do FTX recentemente, talvez até demais. Mas esse acontecimento desencadeou efetivamente uma reestruturação em todo o "oeste selvagem" das criptomoedas, o que significa que a transparência, na sua totalidade, se tornou um requisito importante para os investidores. É hora de usar a tecnologia blockchain e sua transparência intrínseca, bem como sua imutabilidade – precisaremos primeiro entender os conceitos de Merkle Tree e Proof of Reserves.

Noções básicas da Merkle Tree

Descrição curta da Merkle Tree: uma estrutura de dados que serve como resumo de todas as transações em um bloco.

Versão detalhada: Merkle Tree, também conhecida como uma árvore de hash binário, é criada por meio de hashing conjunto de sequências de pares de transações em hash até que haja um único hash para todo o bloco. No exemplo abaixo, N0, N1, N2 e N3 representam o número da transação 0, o número da transação 1, o número da transação 2 e o número da transação 3, respectivamente. Cada transação, quando realizada, recebe um hash exclusivo (Hash N0, Hash N1, Hash N2, Hash N3). Combinando o hash de N0 e N1, temos um hash novo exclusivo conhecido como Hash (N0+N1). Hash (N2+N3) é o resultado do mesmo processo. Repita esse proecimento até o Hash (N4+N5), que pode ser considerado a Merkle Root ou Root Hash desse conjunto de dados.

Histórico de dados: Merkle Tree e Proof of Reserves (PoR) image 0

Agora de volta ao nosso conhecimento básico de blockchain. Em primeiro lugar, os dados armazenados em blockchains são conectados porque cada bloco contém o hash do bloco anterior. Se uma transação de qualquer bloco existente for alterada ou modificada, um novo hash de definição será criado para esse bloco o que, consequentemente, alterará as camadas de hashes atuais até a raiz, invalidando o bloco inteiro e todos os blocos criados posteriormente.

O que isso significa para nós (que não somos técnicos), afinal de contas? A Merkle Tree oferece armazenamento de dados uniforme, inalterável e indelével que podemos usar para monitorar o histórico de transações de qualquer endereço de carteira. Leva algum tempo para verificar cada hash relevante, mas sempre saberemos se há alguma alteração – os hashes correspondentes não serão mais válidos.

Por que precisamos de Proof of Reserves

Proof of Reserves é evidência de que uma entidade centralizada tem uma reserva de proporção 1:1 para os fundos dos usuários. Ou seja, os usuários têm a garantia de que seus fundos podem ser sacados. Nunca é tarde demais para as corretoras de criptomoedas centralizadas (CEXs) e outros prestadores de serviços de custódia (empresas que detenham a posse das chaves privadas das carteiras dos usuários e, consequentemente, a posse dos fundos dos usuários) para divulgar uma auditoria verificável para comprovar a sua solvência e não tratar mal os fundos dos usuários, seja a propriedade da carteira pública, por meio de provas criptográficas ou de serviços de auditoria terceirizados. O indicador oficial de solidez financeira – a porcentagem de reservas ( a porcentagem entre os fundos existentes de uma empresa e os fundos dos usuários) – deve ser, no mínimo, 100% para se certificar de que os fundos estão seguros. #FundsAreSAFU

A Bitget está comprometida com a transparência máxima

Como desenvolvedora proeminente no espaço digital, bem como no setor de CEX, a prioridade absoluta da Bitget é garantir a transparência para todos a qualquer momento. Na porcentagem de reserva atual de 259.887% (prints tiradas em 28 de novembro de 2022 às 6h do horário de Brasília), o que a Bitget detém em nossos carteiras é quase 2.600 vezes do total de ativos dos usuários em BTC, ETH e USDT. Esse número será atualizado mensalmente para que os usuários possam se manter atualizados com relação à situação de solvência da plataforma e também ao nível de liquidez.

Nossos endereços de BTC, ETH, USDT e outros relevantes são divulgados aqui e o código aberto do programa de solvência da Bitget foi atualizado para o GitHub. Isso significa que todos, literalmente todos, com ou sem conhecimento técnico, têm acesso 24 horas por dia à Proof of Reserves da Bitget. Lembre-se de conferir o Fundo de Proteção da Bitget de US$300 milhões e Fundo de Auxília de US$5 milhões – fornecemos não apenas cobertura para qualquer perda potencial de fundos dos usuários, mas também apoio para usuários da FTX afetados, de maneira bem preparada e pontual.

Histórico de dados: Merkle Tree e Proof of Reserves (PoR) image 1

Finalmente, um guia detalhado para verificação de ativos já está publicado aqui para que os usuários da Bitget possam verificar suas contas sempre que tiverem necessidade. As prints mensais do fundo de cada usuário também estarão disponíveis publicamente, é claro, depois que anonimizarmos as informações sensíveis. Dessa forma, os usuários podem ter 100% de confiança na capacidade da Bitget de atender às solicitações de saques dos usuários, juntamente com as declarações de criptomoedas de 30 dias dos usuários.

Consulte o certificado de reservas da Bitget

As CEXs ainda são uma parte fundamental do ecossistema de criptomoedas, fornecendo serviços de trading simples e ultralíquidos, fácil integração para novos usuários e serviços on-ramp e off-ramp para investidores de criptomoedas em todo o mundo. Fundamentalmente, transparência é a chave para a adoção generalizada das criptomoedas – a queda da FTX nos proporciona uma oportunidade de ouro para reestruturar e inovar, de forma persistente.

Crie uma conta e comece a explorar tudo que a Bitget tem a oferecer!